O Facebook anunciou em seu blog oficial que alguns desenvolvedores de aplicativos do Facebook venderam dados de usuários para comerciantes de dados. A empresa afirmou que esses desenvolvedores serão suspensos da rede social por seis meses e terão que apresentar sua política de dados em uma auditoria, para comprovar que estão de acordo com a política de privacidade do Facebook.

Segundo o desenvolvedor Mike Vernal, a venda de informações envolve “menos de uma dúzia” de pequenos desenvolvedores. O comunicado não lista os aplicativos envolvidos, mas afirma que nenhum deles está entre os 10 mais populares do site.

O Facebook afirmou ainda que está estudando formas de prevenir a divulgação de informações de usuários.

Em outubro, uma reportagem do The Wall Street Journal denunciou que aplicativos populares na rede social transmitiamm dados sobre a identidade dos usuários, como os nomes dos membros da rede ou de seus amigos.

Os aplicativos estariam divulgando o Facebook ID, número atribuído a cada um dos usuários do site. De acordo com a reportagem, qualquer pessoa pode usar o número de identificação para buscar dados como idade, residência, profissão e fotos, mesmo que elas tenham sido configuradas pelo usuário como privadas no perfil da rede social.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4768216-EI12884,00-Facebook+diz+que+desenvolvedores+venderam+dados+de+usuarios.html