Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, acredita que rede chegará 1 bilhão de usuários

Além do criador do Facebook, que tem uma fortuna avaliada em 13,5 mil milhões de dólares pela Forbes, há mais cinco multimilionários à conta do sucesso desta que é a maior rede social do Mundo.

Dustin Moskovitz, Eduardo Saverin e Sean Parker, co-fundadores do Facebook também entraram para a lista dos mais ricos, publicada pela revista norte-americana. O primeiro é mesmo o mais novo dos multimilionários, por ter nascido oito dias antes de Zuckerberg.

Aos 26 anos, Dustin Moskovitz passou a integrar o “ranking”, com uma fortuna de 2,7 mil milhões de dólares que reflecte a sua participação no Facebook, depois do Goldman Sachs ter investido na rede social, avaliando-a em 50 mil milhões de dólares.

O Facebook é responsável ainda por mais um multimilionário. É Yuri Milner, da Rússia, que conta ainda com investimentos noutras empresas associadas ao fenómeno das redes sociais como a Zynga (que desenvolve jogos como o Farmville) e a Groupon.

Mark Pincus, que criou a Zynga surge no “ranking” com uma fortuna de mil milhões de dólares, ligeiramente inferior à de Eric Lefkofsky, um dos fundadores da Groupon.

Peter Thiel, que fundou o Paypal em 2008, e o vendeu em 2000 ao Ebay, é também um dos mais ricos entre aqueles que têm capitalizado a expansão da internet, e das redes sociais. A Gree, uma das maiores redes sociais do Japão, rende 2,2 mil milhões a Yoshikazu Tanaka.

Rupert Murdoch, que comprou o MySpace em 2005 por 580 milhões de dólares, e tem investimentos em órgãos de comunicação social como a Fox e o Wall Street Journal, está também na lista dos mais ricos, com uma fortuna de 7,6 mil milhões.

Fonte: http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=472405