O Facebook anunciou na última semana que a aplicação de técnicas da chamada “computação verde” proporcionou a economia de 230 mil dólares à empresa, graças a uma melhor gestão do fluxo de ar em seu datacenter localizado em Santa Clara, na Califórnia.

Atualmente, os sistemas de refrigeração que impedem que os centros de dados sofram de aquecimento excessivo representam um dos maiores custos às empresa de TI. No entanto, o Facebook estudou as leituras de temperatura e umidade de todo o seu datacenter e usou um software de dinâmica de fluidos para analisar o movimento do ar, e depois localizar as áreas dentro do datacenter que eram demasiadamente quentes e outras que eram muito frias.

A partir daí, o Facebook constatou que os ares quente e frio se misturavam acima e ao redor dos corredores dos seus servidores.  Logo, criou um projeto de contenção que evita que o ar frio escape, graças ao uso de um plástico especial. Isso permitiu fechar 15 controladores de ar de seu sistema de refrigeração, o que proporcionou a economia de energia e, consequentemente, de dinheiro.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/computacao_corporativa/2010/10/18/facebook-afirma-ter-economizado-mais-de-us-200-mil-com-a-201ccomputacao-verde201d/