Uma falha de segurança pode fazer com que 99,7% dos usuários de Android sejam vulneráveis a roubo de senhas, segundo pesquisadores da Universidade de Ulm, na Alemanha. De acordo com o estudo, realizado com diversos aparelhos rodando o sistema operacional do Google, ao usar conexões Wi-Fi públicas, as informações de autenticação dos usuários, como login e senhas, podem ser interceptadas. As informações são do Huffington Post.

De acordo com o relatório, a falha está presente na versão 2.3.3 do Android e anteriores. Somente a versão 2.3.4, presente em uma parcela muito pequena dos aparelhos, está livre do problema, que afeta uma aplicação no protocolo de autenticação do sistema que dá acesso a informações armazenadas nos servidores do Google. Isso significa que uma pessoa pode ver, modificar ou apagar os contatos do usuário. Todos os dados pessoais associados à conta do usuário podem ser suscetíveis ao roubo de dados, de acordo com o relatório. Os pesquisadores aconselham a atualização dos aparelhos para o Android 2.3.4 para evitar que as informações sejam interceptadas.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5135061-EI15606,00.html