Tecnologia superior ao blockchain ameaça futuro do Bitcoin

O Bitcoin (BTC) pode estar com os seus dias contados. Isso porque uma nova tecnologia pode fazer com que a criptomoeda seja considerada algo completamente ultrapassado no mercado. Caso isso aconteça, muitos apontam que o Bitcoin (BTC) poderá chegar ao seu fim.

Faz dez anos que o Bitcoin (BTC) foi criado por Satoshi Nakamoto. A tecnologia revolucionária por trás do token é o blockchain. Porém, por mais que essa tecnologia seja considerada promissora, até mesmo o blockchain poderá ser considerado uma tecnologia ultrapassada. Graças a novos estudos, desktops quânticos apresentam uma séria ameaça ao reinado do Bitcoin (BTC) no mercado de criptomoedas.

Armazenamento de informações em elétrons de átomos

Uma pesquisa revelada recentemente revela que esse tipo de equipamento pode estar bem mais perto de ser idealizado. De acordo com a Physical Review X (PRX), uma nova forma de armazenamento de informações através de elétrons em um átomo poderá ser algo completamente revolucionário. E essa transformação poderia ser algo muito mais superior do que a tecnologia blockchain, já que um desktop quântico teria um potencial mais descentralizado que os modelos atuais utilizados por ativos digitais.

Se a tecnologia blockchain é algo completamente novo, a computação quântica é algo que poucos ainda conhecem. Com muitos estudos na área, vários avanços vem acontecendo, o que pode significar em tecnologias surpreendentes no mercado em breve.

Como funciona esse novo sistema que ameaça o Bitcoin (BTC)?

Armazenar informações em nano processadores. Essa é a tarefa da pesquisa que visa desenvolver desktops quânticos. De acordo com a pesquisa, esse novo armazenamento de informação promete revolucionar o mercado. Desse modo, o sistema pode ser capaz de diminuir até as portas de entrada em um sistema para o acesso a dados, por exemplo.

Essa capacidade de acesso mais rápida pode criar um desktop quântico, pois o sistema acessa apenas a porta de leitura controlada através de sensores. Sendo assim, menos portas são abertas para que documentos e dados sejam acessados. Isso poderia significar menos tempo e mais potência em armazenamento e processamento de dados.

A pesquisa é realizada por especialistas em tecnologias da comunicação da Universidade de Sydney, na Austrália. Além disso, ainda não há previsões para que o sistema esteja disponível em larga escala, uma vez que apenas estudos são realizados na área.

O domínio do Bitcoin (BTC) pode estar ameaçado do mesmo modo que as demais criptomoedas. Com uma tecnologia mais rápida que a blockchain, os tokens poderiam ser considerados defasados no mercado. Sendo assim, a tecnologia quântica poderia oferecer recursos ainda mais ofisticados que a tecnologia que dá vida as criptomoedas, e que já é considerada promissora por si só.

Fonte: https://criptozoom.com/e-o-fim-do-bitcoin-nova-tecnologia-pode-deixar-criptomoeda-para-tras/