Ideia é que empresas e governos se comprometam a respeitar a privacidade dos usuários e garantir acesso universal à internet; Facebook, Google e Microsoft irão apoiar o projeto

Tim Berners-Lee, criador da World Wide Web, está lançando oficialmente seu plano para “consertar” a internet. A World Wide Web Foundation, um grupo sem fins lucrativos criado por Berners-Lee, garantiu o apoio dos gigantes da tecnologia Facebook, Google e Microsoft para o esquema, apelidado de “contrato para a web”.

O contrato é um compromisso a ser assumido por empresas e governos, e pede que a privacidade dos dados dos consumidores seja respeitada e que os governos garantam que todos tenham acesso à internet.

Um componente importante da promessa é o requisito de que a web continue sendo uma ferramenta acessível a todos os usuários. O contrato vem com nove princípios básicos, com um total de 76 cláusulas, mas nem todas precisam ser cumpridas por quem o assinar.

Estamos lançando o contrato como o primeiro plano de ação global para proteger a web como uma força do bem, reunindo empresas, governos e cidadãos de todo o mundo para dizer que essas são as coisas que precisam ser cumpridas para colocar a web de volta no caminho certo.

Berners-Lee fará um discurso em Berlim, Alemanha, na segunda-feira (25), onde deve dizer que o contrato servirá como um plano para governos, empresas e cidadãos protegerem a web. A World Wide Web Foundation diz que está trabalhando com parceiros para desenvolver ferramentas que possam medir o progresso nas várias cláusulas do contrato.

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/criador-da-web-anuncia-plano-para-salvar-a-internet/93384