George Bronk, 23 anos, foi condenado nos Estados Unidos por chantagear mulheres com fotos sensuais mandadas por elas a partir de seus e-mails pessoais. Segundo o The Washington Post, O californiano entrava na página de Facebook das vítimas e recolhia informações para responder às perguntas secretas que elas colocavam como segurança de seus endereços eletrônicos. Uma vez com acesso à caixa de saída e entrada, ele procurava por fotos sensuais na caixa de enviadas. Se encontrasse alguma, ele ameaçava a vítima de, caso ela não enviasse a ele novas fotos, distribuir as imagens que havia encontrado para todos os contatos que ele havia recolhido no endereço eletrônico invadido.

Uma das vítimas disse ter se sentido “estuprada virtualmente”. Ele foi condenado a seis anos de prisão, mas haverá um segundo julgamento, em que os acusadores pedirão para que a pena seja elevada. Bronk se declarou culpado por todas as acusações. O assunto foi repercutido neste sábado no Twitter.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4892570-EI8141,00-Condenado+jovem+que+usava+Facebook+para+exigir+fotos+sensuais.html