Os carros do Google Street View coletaram a localização de milhões de laptops, celulares e outros dispositivos Wi-Fi em todo o mundo. A empresa, que deveria coletar apenas a localização de pontos de acesso sem fio também registrou endereços e identificadores únicos de computadores e outros aparelhos que usam essas redes e depois tornou as informações públicas no google.com. As informações são do site CNET.

Uma investigação na França confirmou a coleta dessas informações privadas de hardware. Segundo o site, Alissa Cooper, cientista-chefe de computação do Centro para Democracia e Tecnologia disse que seu endereço residencial de 2009 foi listado no banco de dados de localização do Google. Nick Doty, professor na Universidade da Califórnia descobriu que o Google listou sua antiga casa no bairro de Capitol Hill, em Seattle.

A explicação mais provável de como os dispositivos Wi-Fi foram coletados é simples: assim como um acidente de programação fez os carros do Street View recolherem o conteúdo de comunicações sem fio sem criptografia, os endereços de hardware do cliente também foram coletados. Em seguida, eles foram adicionados ao banco de dados de geolocalização do Google, que foi publicamente disponível sem restrições de acesso até o final de junho. De acordo com o CNET, o Google não quis comentar o caso.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5262918-EI12884,00.html