Uma audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática discutirá o possível impacto ambiental das torres de celulares no Brasil. Fruto de uma iniciativa do deputado Auero (PRTB-RJ), o debate ainda não possui data marcada para acontecer.

De acordo com o político, diversos estudos da área mostram uma possível relação das radiações eletromagnéticas emitidas pelas antenas e alguns tipos de câncer (em adultos e crianças), além de outros problemas de saúde como depressão, distúrbios cardiovasculares, disfunção na reprodução, alterações imunológicas e distúrbios no crescimento.

Vale lembrar que Aureo apresentou há alguns meses o Projeto de Lei 845/11, exigindo que sejam feitos estudos e relatórios de impacto ambiental antes da concessão de licenças ambientais para a instalação de antenas de estação radiobase (ERBs) pelas empresas de telefonia celular no Brasil.

Devem participar como convidados da audiência pública o diretor-presidente da Anatel, Ronaldo Mota Sardenberg, o presidente do Conselho da Febratel, Antônio Carlos Valente da Silva e representantes do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério Público Federal, entre outros executivos e especialistas.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/mercado/2011/10/03/audiencia-na-camara-discutira-impacto-ambiental-de-torres-de-celulares/