Uma pesquisa divulgada pela IDC nesta terça-feira (16) mostra que o Brasil chegou à terceira posição no ranking mundial do mercado de computadores. Entre abril e junho de 2011, o país vendeu 95 mil PCs a mais que o Japão e ficou atrás apenas da China e dos Estados Unidos, que ocupam a primeira e a segunda colocação.

No período, o Brasil vendeu 3,86 milhões de computadores – 48,5% foram desktops e 51,5%, notebooks. Neste cenário, 69,5% foram destinados ao segmento doméstico, 25,8% ao corporativo e 4,7% a governo e educação.  “Nunca se vendeu tanto computador em um único trimestre no Brasil”, disse Martim Juacida, analista de mercado da IDC, em comunicado.

Na comparação do primeiro com o segundo trimestre deste ano, as vendas de notebooks cresceram 10,5%, segundo Juacida. “Já na comparação com o mesmo período de 2010, o desempenho das vendas chega a ser 27% maior”, completa.

O recorde anterior de vendas de computadores no Brasil, segundo a IDC, foi registrado no primeiro trimestre de 2011, quando o Brasil comercializou mais de 3,6 milhões de computadores – 50,5% eram notebooks e 49,5%, desktops.

Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/08/brasil-bate-recorde-e-assume-3-lugar-no-ranking-mundial-de-pcs-diz-idc.html