O Banco do Brasil começou a implantar ferramentas de software livre para usuários internos no Banco Nossa Caixa (BNC). O projeto começou com a implantação do pacote de produtividade de código aberto, BrOffice.org em 16 mil máquinas do BNC, informa o banco em um comunicado nesta sexta-feira (19/3).

“A implantação começou em dezembro de 2009 e o pacote foi instalado em todas as estações do BNC”, informa o assessor e especialista em software livre do Banco do Brasil, Ulisses Penna, em entrevista ao Computerworld.

Segundo Penna, o BB pretende migrar todas as 566 agências do Banco Nossa Caixa para sua plataforma de código aberto entre o final de junho e o início de julho deste ano. A maior parte dos terminais do BNC usa o sistema operacional Windows (12.500 máquinas usam Windows 2000 e 3.500 usam Windows XP), atualmente. “Mas não vamos descartar o Windows em algumas máquinas, principalmente na parte de escritório”, explica o especialista.

O BB estima ter economizado 100 milhões de reais em licenças com a adoção de programas de código aberto desde 2003. Atualmente, a plataforma Linux é usada em mais de 80 mil estações de trabalho e seis mil servidores de agências, sendo que o BrOffice.org está em mais de 100 mil computadores.

O sistema Linux também está instalado em 7 mil dos 40 mil terminais de auto atendimento do Banco do Brasil. A previsão de Penna é completar a migração no fim deste ano. Os mais de mil caixas eletrônicos híbridos, que atendem clientes do BB e da Nossa Caixa, já rodam Linux.

Fonte: http://computerworld.uol.com.br/negocios/2010/03/19/banco-nossa-caixa-inicia-adocao-de-software-livre/