O volume de investimentos das venture capital, ou empresas de capital de risco, nas empresas de internet da América Latina aumentou nos últimos meses. Um dos exemplos é a startup VivaReal, imobiliária online em operação no Brasil, México e Colômbia, que registrou a entrada de US$ 600 mil, ou R$ 1,6 milhão, do investidor James Gray.

Segundo o próprio, além do potencial do site, que tem registrado cresscimento no trafego desde o lançamento, em junho do ano passado, existem oportunidades reais de crescimento no mercado latino-americano. Gray afirma que o plano é abrir o capital da companhia ou no Brasil ou nos Estados Unidos.

A tendência é reforçada pela companhia de investimentos Idea Ventures, com base na Cidade do México. A empresa informa estar de olho em startups de mídia social, de anúncios online e de conteúdo para dispositivos móveis. Segundo a companhia, o objetivo é investir em uma grande empresa do setor.

De acordo com o diretor da Latin American Venture Capital Association Ariel Muslera, alguns fatores atraem esses novos investimentos. Dentre eles, um grupo interessante de engenheiros de ciências da computação, custos menores de desenvolvimento e infraestrutura e uma sólida expansão do uso de aparelhos celulares e da internet. Para ele, a América Latina está muito melhor posicionada hoje do que há cinco anos. “Além disso, há muito mais dinheiro disponível para investimentos de risco”, diz.

Fonte: http://pcmag.uol.com.br/conteudo.php?id=3297