“A queda esperada deve-se em larga medida a uma linha mais ampla de produtos novos e inovadores… e a possíveis futuros aumentos nos preços dos componentes, entre outros custos”.

A empresa havia feito comentários semelhantes na documentação encaminhada às autoridades regulatórias no ano passado.

A Apple prevê margem de 36 por cento para o trimestre que se encerra em dezembro.

A empresa declarou na documentação que antecipa investimentos da ordem de 4 bilhões de dólares em seu ano fiscal de 2011, incluindo 600 milhões de dólares nas instalações de suas lojas.

A empresa planeja abrir de 40 a 50 novas lojas no ano que vem, mais de metade delas fora dos Estados Unidos.

O investimento da Apple foi de 2,6 bilhões de dólares em 2010, o que inclui 404 milhões de dólares para as lojas.

(Reportagem de Gabriel Madway)

Fonte: http://br.reuters.com/article/internetNews/idBRSPE69R06K20101028?pageNumber=2&virtualBrandChannel=0