O Google e a Apple estão oficialmente em atrito. Nos últimos dias, houve críticas, com ataques verbais e virtuais, das duas partes. A celeuma começou no dia do anúncio dos resultados do terceiro trimestre da Apple, que obteve lucro recorde, quando Steve Jobs criticou o Android, sistema operacional para celulares do Google.

O CEO da Apple disse que a disputa das plataformas da Apple e do Google não deve ser descrita como “fechada contra aberta”. O correto, segundo Jobs, é “integrado (iOS, da Apple) contra fragmentado (Android). O executivo fez ainda outras críticas indiretas ao Google, ironizando os modelos de tablets que serão lançados para competir com o iPad da Apple. Para Jobs, com apenas sete polegadas, eles serão muito pequenos para as mãos de um adulto. Os novos eletrônicos deverão usar o sistema Android.

O Google reagiu com uma mensagem de Andy Rubin, criador do Android, pelo Twitter. Irônico, ele disse que a definição de “aberto é: ‘mkdir android ; cd android ; repoinit-ugit://android.git.kernel.org/platform/manifest.git ; reposync; make’”. O código é o comando que permite que a cópia do Android seja instalada em computadores com sistema Linux, de forma que qualquer usuário possa criar sua própria versão.

Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI180830-16382,00-APPLE+E+GOOGLE+ENTRAM+EM+ATRITO.html