Segundo processo, Apple concordava com termos de licenciamento de empresas que não detinham, verdadeiramente, os direitos autorais das músicas em questão

Um novo processo alega que a Apple pirateou músicas de grandes cantores do passado no seu serviço de streaming. Alguns nomes citados incluem Frank Sinatra, Billie Holliday, Charlie Parker, Dean Martin, Duke Ellington, Ella Fitzgerald e Ray Charles.

Segundo acusação, a Apple concordou com termos de licenciamento das empresas Orchard e Cleopatra, sendo que nenhuma delas tem posse dos direitos autorais das gravações citadas.

“A Apple teve conhecimento de sua própria conduta infratora e a de Cleopatra e Orchard por vários anos e continuou trabalhando com eles e fazendo entregas digitais de registros fonográficos e outras reproduções e distribuições das gravações pirateadas que Cleopatra e Orchard fornecem e/ ou eram imprudentemente indiferentes ou deliberadamente cegos à sua própria conduta infratora”, diz o processo.

O trecho sugere que a Apple tinha recursos suficientes para identificar que as gravações licenciadas não pertenciam às empresas Cleopatra e Orchard, mas não fez a devida checagem, seja por ingenuidade ou para ganho próprio.

Esta não é a primeira vez que a Apple passa por acusações de pirataria. Em maio deste ano, a empresa respondia por um processo de 148 páginas sobre “pirataria maciça de música”.

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/apple-e-acusada-de-piratear-musicas-de-artistas-renomados/90529