O presidente do Tribunal Constitucional da Alemanha, Andreas Vosskuhle, afirmou que a possibilidade de perda de controle dos dados pessoais torna o Facebook uma “atividade de risco” para os usuários. Vosskuhle afirmou que os usuários desconhecem se seus dados são totalmente apagados do Facebook uma vez que deletam o conteúdo e advertiu sobre o pergio da rede social transferir os servidores para fora do país. As informações são do site espanhol 20 Minutos.

A Alemanha investiga o Facebook para descobrir se a rede de Mark Zuckerberg age de forma ilegal. O magistrado fez as declarações à revistaFocus, que afirma que as afirmações de Vosskuhle indica que a Justiça alemã considera que algumas práticas da rede vão de encontro às leis do país.

Em agosto, autoridades alemãs já haviam considerado “ilegal” o software de reconhecimento facial do Facebook . Johnne Caspar, oficial de proteção de dados de Hamburgo, afirmou que a ferramenta é uma séria “violação aos direitos das pessoas de determinar o que é feito com seus dados pessoais”.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5459419-EI12884,00.html