As ações da Samsung, principal concorrente da Apple, tiveram forte alta após a notícia da morte de Steve Jobs, cofundador da empresa norte-americana de tecnologia.

Na Bolsa de Seul, os papéis da empresa asiática subiram 3,8% nesta quinta (6).

Os investidores temem sobre o futuro da empresa, já que Jobs era considerado o motor criativo da Apple.

“A grande questão é se a Apple pode continuar superando as expectativas de seus clientes”, disse em entrevista ao Wall Street Journal”, o analista Jenny Lai, do HSBC.

Steve Jobs, cofundador da Apple, morreu nesta quarta-feira (5) aos 56 anos, nos Estados Unidos. Em nota divulgada, sua família afirmou que ele morreu em paz. “Em sua vida pública, Steve ficou conhecido como visionário; em sua vida privada, ele amava sua família. Somos gratos às muitas pessoas que dividiram seus desejos e rezas no último ano da doença de Steve; um site será oferecido para aqueles que quiserem fazer tributos e prestar homenagens”, diz o comunicado.

A página oficial da Apple publicou uma imagem e um texto homenageando Steve. “A Apple perdeu um gênio criativo e visionário, e o mundo perdeu um ser-humano incrível. Aqueles que tiveram a sorte de trabalhar com Steve perderam um querido amigo e mentor. Steve deixou para trás uma companhia que só ele poderia ter construído e seu espírito será sempre a base da Apple.”

A página da empresa americana, em seu anúncio oficial, convida os fãs da marca a enviar mensagens de condolência através do e-mail rememberingsteve@apple.com.

A causa da morte do cofundador da Apple ainda não foi confirmada. Porém, nos últimos anos Steve Jobs foi afastado algumas vezes da companhia em função de problemas de saúde. Em 2004, por exemplo, ele passou por uma cirurgia para tratar um câncer no pâncreas. Após cinco anos, Jobs recebeu um transplante de fígado. Nas duas situações, ele se afastou das atividades da companhia

Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2011/10/06/acoes-de-concorrente-da-apple-sobem-quase-4-apos-morte-de-jobs.jhtm